Saiba como gerenciar um pequeno negócio e obter sucesso com esse guia

Gerenciar um pequeno negócio é uma tarefa tão desafiadora quanto administrar uma grande empresa, já que envolve a coordenação do tempo, dos recursos e do capital humano da maneira mais eficaz possível.

Frequentemente, as pessoas têm a impressão de que as pequenas empresas são mais fáceis de gerir. Afinal, são menos processos, menos colaboradores e, muitas vezes, menos produtos ou serviços comercializados.

No entanto, a adoção de padrões na gestão empresarial pode trazer maior rentabilidade, facilitar a expansão dos negócios e garantir a segurança das operações financeiras. Dito isso, a proposta deste CONTeúdo é apresentar um guia completo de como administrar uma pequena empresa e conquistar o sucesso. Vamos lá!

Entenda a importância da capacitação profissional para a gestão

Gerenciar um pequeno negócio implica ter uma variedade de conhecimentos ou entendimentos relacionados a cada atividade do negócio. As principais atribuições do gestor incluem:

  • definir metas de vendas e garantir que a equipe esteja no caminho certo para alcançá-las;
  • garantir que as operações diárias sejam concluídas com sucesso;
  • gerenciar o inventário e o estoque para tomar decisões de compra;
  • lidar com as tarefas relacionadas ao marketing;
  • monitorar os ganhos, verificando se o objetivo financeiro do negócio está sendo alcançado;
  • projetar e implementar o orçamento da empresa;
  • recrutar, CONTratar e treinar novos colaboradores;
  • supervisionar as atividades diárias dos profissionais.

O volume de atividades e responsabilidades sugere que o profissional CONTe com uma equipe eficiente. A terceirização de algumas funções — como a financeira e a CONTábil — pode CONTribuir para uma gestão de excelência, otimizando o tempo e os custos e diminuindo erros.

Mesmo assim, é importante se manter atualizado sobre o mercado. Aprender novas práticas de gerenciamento CONTribui para a melhoria do negócio em vários aspectos, por exemplo, aumentando sua rentabilidade e facilitando os processos.

Além disso, a capacitação profissional permite que você se mantenha atualizado sobre as novas tecnologias disponíveis no mercado, que podem facilitar a gestão em todos os aspectos.

Saiba como fazer a gestão de pequenos negócios com essas 6 dicas

Para que uma pequena empresa consiga sobreviver no mercado, ela precisa adotar um sistema de gestão que aumente a sua competitividade.

Aprimorar a qualidade dos produtos e serviços, fazer uma gestão de pessoas eficiente e manter os recursos financeiros sob CONTrole são requisitos básicos de um processo administrativo eficiente. Veja como é possível aplicá-los em um negócio.

1. CONTe com um bom planejamento

Para criar um planejamento de negócios eficaz, especifique suas metas e objetivos em curto, médio e longo prazos. Inclua os detalhes sobre o mercado em que você está entrando, seus planos para o marketing e o comercial, além de projeções financeiras.

O plano de negócios deve ser revisado periodicamente, buscando identificar o que deu certo e o que precisa ser modificado.

2. CONTrole o desempenho CONTinuamente

Negócios interessados em crescer devem manter a inovação nos produtos e serviços oferecidos, bem como nas metodologias usadas para gerenciar a empresa. Nesse processo, CONTrolar o desempenho é fundamental. Esse CONTrole pode — e deve — ser feito a partir de diversas fontes de informação, incluindo:

  • buscar informações sobre o mercado, considerando concorrentes e pesquisas sobre o segmento de atuação, e acompanhando o andamento e as perspectivas da economia em todas as esferas;
  • fazer uso de softwares ou CONTar com empresas de assessoria que facilitem o demonstrativo de resultados para acompanhar o desempenho mensal do negócio;
  • ouvir o que os colaboradores têm a dizer sobre o relacionamento com os clientes e suas demandas;
  • usar indicadores e métricas.

3. Tenha um cronograma de ações e estratégias

Por conta da concorrência cada vez maior, as pequenas empresas precisam não apenas sair na frente dos concorrentes diretos, mas também se destacar das franquias e das grandes corporações.

Para isso, devem entregar uma proposta de valor aos consumidores e fazer com que eles absorvam seu discurso, o que exige um cronograma de ações e estratégias detalhado e eficiente.

4. Faça uma boa gestão financeira

Empresas pequenas podem passar a falsa ideia de que é mais fácil gerenciar suas finanças. Com isso, tarefas como CONTrolar o fluxo de caixa, emitir notas fiscais, cuidar de obrigações tributárias e outras atividades acabam sendo desempenhadas pelo próprio gestor — o que pode ser um risco.

Se no passado esse CONTrole era feito com a ajuda das tradicionais planilhas do Excel, hoje há uma série de softwares que facilitam esse processo, aprimorando a gestão financeira e diminuindo riscos.

5. Colete feedback dos clientes

Os clientes esperam que a empresa adote o melhor em tecnologia e ofereça produtos e serviços de qualidade para suprir suas demandas e melhorar a experiência de compra. Se o negócio oferece canais de comunicação fácil e rápida, melhor ainda.

Uma das tarefas do gestor é garantir que essas expectativas sejam atendidas. No caso dos pequenos negócios, esse caminho é um pouco mais fácil. O feedback pode ser coletado diretamente na fonte, ou seja, durante o atendimento e o CONTato com o cliente.

Oriente os profissionais que trabalham com você a questionar se os clientes estão satisfeitos com os serviços oferecidos, se eles têm sugestões sobre o que pode ser melhorado e se há mais alguma coisa que eles gostariam de ver na sua empresa. Esse bate-papo pode ajudar o seu pequeno negócio a abrir uma vantagem competitiva.

6. Gerencie os colaboradores de forma eficaz

Se você deseja ver a sua empresa crescer, é importante CONTratar as pessoas certas, que estarão dispostas a enfrentar essa caminhada junto com você. Por isso, além de investir em um processo seletivo que atraia pessoas capacitadas, é fundamental que esses colaboradoras sejam gerenciados de forma eficaz no dia a dia.

Isso inclui oferecer benefícios inovadores, como horário flexível, um vale-alimentação atrativo, parceria com instituições de ensino, programas de treinamento e desenvolvimento e um plano de carreira que traga boas perspectivas para os profissionais.

Destacamos também a importância de estabelecer uma cultura de transparência na sua organização por meio do feedback construtivo, que pode aumentar o desempenho dos profissionais e das equipes como um todo.

Descubra o papel da inteligência financeira nesse processo

Em um CONTexto empresarial, a inteligência financeira pode ser conceituada como a capacidade de um indivíduo em classificar os riscos e as oportunidades de um negócio, vencendo os desafios relacionados à saúde financeira para manter a rentabilidade.

Para gerenciar um pequeno negócio, é fundamental trabalhar essa competência, que pode ser desenvolvida a partir das seguintes atitudes:

  • CONTar com a ajuda de especialistas para trabalhar melhor com os dados financeiros, interpretar resultados e traçar panoramas para o futuro;
  • CONTrolar custos e despesas, avaliando os benefícios de CONTar com a automatização dos processos para reduzir os gastos e otimizar o tempo;
  • manter o foco e prezar pela organização na hora de lidar com registros e relatórios, elaborar planejamentos e estudar estratégias para uma gestão eficiente.

Veja os principais motivos para desenvolver inteligência financeira:

  • você enxerga as reais possibilidades de crescimento do negócio e passa a trabalhar a favor delas, agindo estrategicamente;
  • com organização, é possível trabalhar com uma previsão de cenários e negociar melhores condições com clientes, fornecedores e parceiros;
  • o trabalho de estabelecer metas é facilitado e próximo da realidade, refletindo-se na satisfação e na produtividade dos colaboradores;
  • há um melhor direcionamento do capital e, consequentemente, a empresa alcança melhores resultados.

Conheça as vantagens da assessoria CONTábil para o sucesso do negócio

Mesmo que a empresa seja de pequeno porte, as obrigações CONTábeis envolvem diversas áreas. Folha de pagamento, CONTas a pagar e a receber, impostos e demonstrativos financeiros são apenas alguns itens de uma lista bastante extensa.

Seja sobre o pagamento dos colaboradores, seja sobre o pagamento de impostos, manter os registros CONTábeis em dia é fundamental para evitar problemas com a justiça. Nesse sentido, veja como os serviços de uma assessoria CONTábil de qualidade podem CONTribuir para um crescimento de sucesso.

Mantém o CONTrole financeiro

Uma assessoria CONTábil tem condições de manter o CONTrole financeiro de um pequeno negócio. Afinal, os especialistas estão aptos a realizar as seguintes funções:

  • cuidar dos registros das transações financeiras;
  • preparar declarações de receita e despesas, concedendo informações importantes para a composição do orçamento mensal;
  • preparar o balanço patrimonial;
  • fazer o CONTrole de custos;
  • gerar o demonstrativo de resultados e o balanço mensal do negócio;
  • verificar as atividades para evitar erros e fraudes.

CONTribui para que o negócio siga a legislação

Os prestadores de serviços de CONTabilidade também são especialistas em questões tributárias, garantindo que seu negócio siga a legislação. Além disso, eles são capazes de fornecer a melhor solução em várias questões financeiras, por exemplo, trabalhando em estratégias que permitam a economia no pagamento de impostos.

Os CONTadores sabem como você pode economizar aproveitando as deduções fiscais, analisando sua capacidade monetária e suas transações financeiras, cuidando de cálculos e prazos e impedindo possíveis multas. Lembre-se de que gestores que ignoram o pagamento correto de impostos podem ser duramente penalizados.

CONTribui com a gestão de pessoas

CONTratar e desligar colaboradores são tarefas estratégicas. Visto que os profissionais são reconhecidos como a força que move o sucesso de um negócio, as empresas estão cada vez mais preocupadas em fazer uma gestão de pessoas eficiente.

Isso não significa que os procedimentos burocráticos tenham perdido a importância. Enquanto o gestor se preocupa em oferecer o melhor em benefícios e incentivos, é preciso dar atenção a questões como o CONTrole do relógio-ponto, férias próximas do vencimento, pagamento correto dos salários e diversas outras obrigações que, em caso de falhas, podem gerar multas e manchar a imagem do negócio.

A assessoria CONTábil cuida de toda essa parte para que você se concentre nas ações estratégicas necessárias para a atração e a retenção de talentos que possam CONTribuir com o crescimento da empresa.

Cria uma cultura de resultados

Uma boa assessoria CONTábil pode ser um grande recurso para que a empresa cresça. Afinal, o conhecimento dos profissionais é bastante útil para o aconselhamento em relação ao gerenciamento de gastos. Dessa forma, você pode tomar decisões bem embasadas, considerando riscos calculados e resultados predeterminados.

Caso seu negócio comece a crescer e seja necessário expandir as operações, os assessores podem ajudar, fornecendo análises e relatórios financeiros necessários para tomar importantes decisões. Além disso, um CONTador pode ajudá-lo a avaliar a viabilidade desse plano, fornecendo importantes orientações para a expansão da sua empresa.

Como escolher uma empresa de assessoria

A escolha da empresa para prestar assessoria CONTábil faz toda a diferença para usufruir as vantagens que acabamos de apresentar, podendo ajudar você a desenvolver sua inteligência financeira. Para isso, é necessário considerar alguns fatores, como o tipo de negócio que o serviço costuma atender.

Se a sua empresa é de pequeno porte ou uma startup, nada melhor que buscar profissionais que já estejam familiarizados com o modelo de negócios. Dessa forma, eles conseguem atuar de maneira ainda mais eficiente no CONTrole de caixa, em projeções para o futuro e nas questões tributárias.

Além disso, a assessoria funciona como uma verdadeira consultoria e essa experiência de mercado pode agregar valor ao serviço e facilitar processos de tomada de decisão. Isso garante a segurança e a expertise necessárias na hora de avaliar os cenários.

Como você pode perceber, mesmo as empresas de pequeno porte exigem diversos cuidados — muitas vezes incluindo procedimentos complexos — que, caso passem despercebidos, podem refletir de maneira negativa na expansão ou no sucesso do negócio.

Estar atento a todos esses detalhes e CONTar com ajuda especializada para lidar com eles é fundamental para manter as obrigações em dia, evitando problemas com a Receita Federal e garantindo um CONTrole eficiente sobre as finanças.

O modo como você decide gerenciar um pequeno negócio pode ser determinante para o sucesso dessa empresa. Seja na gestão de pessoas, seja na gestão financeira ou em qualquer outro processo necessário para manter uma organização de pé, sua postura e as decisões tomadas são importantes para que os objetivos sejam atingidos sem maiores problemas.

A WeCONT é uma assessoria em CONTabilidade totalmente on-line. Por meio da tecnologia, ela alia a experiência dos serviços CONTábeis tradicionais à inovação, resultado da transformação digital. Entre em CONTato conosco e conheça o nosso trabalho!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.