WeConters: Agatha Daflon, a dona de seu próprio tempo

Conheça uma das peças fundamentais do departamento fiscal da WeCont: Agatha Daflon! Com um crescimento vertical em muito pouco tempo de empresa, a hoje analista fiscal começou sua trajetória na WeCont como estagiária!

Em entrevista, Agatha Daflon, mostra que há sim tempo para tudo – para tudo que ela quiser!

Você provavelmente já deve ter ouvido aquela sabedoria popular de que “tudo acontece no seu tempo”, certo? Ela é verdadeira para múltiplas histórias mas a jornada da WeConter Agatha Daflon, analista fiscal, mostra que a persistência é fator chave para quem quer fazer acontecer.

A trajetória de Agatha tem muitas similaridades com a de muitas brasileiras: se casou e engravidou aos 20 anos. Ela revela que os novos compromissos de sua vida, como o casamento e sua filha Bárbara, hoje com 19 anos, à época, exigiram dedicação integral, o que fez com que ela acabasse deixando os estudos em segundo plano.

“Casei e engravidei aos 20 anos. Fiquei voltada só para cuidar da minha filha e, depois, trabalhei em loja porque acabei achando que não conseguiria fazer uma faculdade”, revela.

Entretanto, a hoje analista fiscal enxergou, na adversidade, a oportunidade para retomar o caminho que queria para si. Onde possivelmente muitas pessoas enxergariam o fim de um sonho, o término de seu casamento, dez anos depois, foi encarado como uma possibilidade de ajuste de rota.

“Quando meu casamento chegou ao fim, minha filha já estava um pouco maior e eu me vi ficando com uma idade mais avançada para o mercado. Já não era a mesma coisa, mas eu corri atrás. Me separei com 30 anos e com 33 entrei na faculdade. Entrei na faculdade e percebi que não sabia mais estudar. Parecia que o professor falava, o conteúdo entrava na minha cabeça e sumia. Eu levei e me formei no tempo certo”, afirma.

O estágio como porta de entrada

Agatha afirma que, quando ainda fazia faculdade, estava fazendo estágio na Junta Comercial do Rio de Janeiro. Entretanto, ela declara que não era a área que gostaria de atuar. Foi então que ela foi salva pelo bendito networking: uma amiga de faculdade estava trabalhando na Giam, que viria a se tornar a WeCont.

“Meu estágio na junta estava completando dois anos e eu teria que sair. Minha amiga me chamou para fazer uma determinada coisa em uma empresa chamada Giam. Eu entrei e fui crescendo na empresa porque, até então, eu não tinha nenhuma experiência de contabilidade no setor privado. Então eu só exportava todas as notas comerciais do fiscal para o contábil”, explica Agatha.

A profissional, hoje analista fiscal, entrou como estagiária na empresa em outubro de 2018. Após se formar, em janeiro de 2019, virou auxiliar. Sua promoção para o cargo que ocupa hoje foi feita em outubro de 2019. Daflon olha para trás com gratidão pelas oportunidades concedidas: minha trajetória é toda dentro da WeCont.

“Assim que me formei virei auxiliar fiscal. Fui recebendo empresas para ir começando a aprender e assim foi. Depois eu virei assistente com empresas de maior porte porque já tinha uma certa bagagem. Fui aprendendo muito porque, na WeCont, todo mundo é colaborativo, todo mundo ensina o que sabe. Hoje em dia, faço só Lucro Real e Presumido e algumas poucas empresas de Simples. Toda a minha história foi dentro da WeCont, que me deu todas as oportunidades”, complementa.

A contadora comunicativa expressa sua gratidão

Agatha é uma profissional comunicativa autodeclarada. Isto fez com que ela ganhasse um status com Guilherme Brant, CEO da WeCont. Segundo ela, as reuniões só se iniciam a partir de uma indagação dele direcionada à ela.

“Sempre que ele (Guilherme) começa uma reunião, ele pergunta se eu desejo falar alguma coisa. Eu sou muito comunicativa”, conta Agatha, entre risadas.

Agatha, que considera que teve um crescimento proveitoso em um espaço curto de tempo, se mostra grata as oportunidades concedidas. Ela afirma que, o segredo para a ascensão profissional é o interesse.

“Sou extremamente grata por tudo que a WeCont fez por mim. Tive um crescimento grande em um curto tempo. Hoje eu já tenho 40 anos. Eu tenho tantas responsabilidades na minha vida pessoal. Eu me dedico muito ao meu trabalho, estou sempre caçando alguma coisa. Sempre indaguei e busquei fazer outras coisas para adquirir conhecimento. Sempre quis absorver o máximo de experiência que eu podia. Isso tudo me fez crescer e vai me fazer crescer ainda mais no futuro, na WeCont!”, acredita.

Ainda sobre o futuro, Agatha declara confiança na diretoria da empresa e acredita que ainda terá crescimento profissional no futuro.

“O Guilherme tem uma cabeça muito aberta. Eu tenho muito a crescer e a WeCont vai me dar essa chance sem problema nenhum. Ano que vem, eu com certeza vou ser analista sênior, porque eu vou crescer. Eu não tenho dúvidas. Meu crescimento ali dentro é natural”, conclui.

Casar na pandemia? Como dissemos no início desta matéria, tudo acontece no seu tempo…

As coisas realmente acontecem no tempo que devem acontecer na vida de Agatha Daflon. Se a máxima já estava provada até aqui, ela foi duplamente certificada a partir de outra realização da analista fiscal. A mãe da Bárbara conseguiu, no momento em que muitas pessoas estão mais afastadas do que nunca das outras, iniciar uma nova união matrimonial.

“Na pandemia eu casei. Reencontrei um amigo de colégio e casei. Ele morava em Rio das Ostras, vim passar uns dias e tô aqui até hoje”, declara.

A mãe e analista fiscal, que já provou que as coisas acontecem, na verdade, no tempo dela, mostra que é uma grande estrategista. Hoje, sua filha mora sozinha e seu marido trabalha embarcado, o que faz com que sobre, finalmente, após tantos compromissos em sua história, tempo para seus hobbies.

“Meu marido trabalha embarcado. Eu fico sozinha durante meio mês, lendo muito! Enquanto um livro que eu gosto não acaba, eu não consigo comer, não falo com ninguém e não presto atenção em mais nada. Também sou extremamente apaixonada por praia. Eu sou branquíssima, mas falo que minha cor natural, na minha certidão, é morena jambo puxado para o amendoado”, conclui Agatha que, até aqui, é um exemplo sobre como ser dona de seu próprio tempo.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Banner - Blog Quiz

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.