O que é centro de custo? Saiba aqui!

Gerir um negócio é uma tarefa desafiadora para muitos empresários e gestores, seja pela grande quantidade de tarefas a serem realizadas, falta de conhecimento sobre alguns assuntos que envolvem a gestão, falta de direcionamento para tomada de decisão, entre outros. No entanto, como forma de tornar esse processo mais simples, a implementação de um centro de custo eficiente pode ser uma ótima alternativa.

Trata-se de uma forma de dividir a empresa em vários departamentos independentes, cada um com sua parcela de responsabilidades financeiras e operacionais, mas que, quando reunidos, correspondem à instituição inteira.

Quer entender as vantagens do centro de custo para o negócio? Continue sua leitura!

Quais são os tipos de centro de custo?

O centro de custo pode ser não produtivo e produtivo. Entenda melhor sobre eles!

Centro de custo não produtivo

É aquele que não interfere diretamente na entrada de recursos na empresa. Por esse motivo, também é conhecido como centro de custo auxiliar ou administrativo indireto. Apesar de em alguns casos gerar somente desembolsos para a organização, são importantes para o seu pleno funcionamento. Por exemplo, departamento de RH e financeiro.

Centro de custo produtivo

Trata-se do centro de custo que influencia diretamente na entrada de recursos na companhia. São divididos em dois formatos: aqueles ligados à produção ou prestação de serviços, por exemplo, departamento jurídico de um escritório de advocacia, e aqueles ligados à marketing e vendas, sendo necessários para a obtenção de capital, mesmo não sendo responsáveis por qualquer tipo de produção.

Quais são as vantagens do centro de custo?

Entre as principais vantagens para a empresa estão:

  • facilidade de controle financeiro, por meio de análises de dados precisos;
  • possibilidade de entender a contribuição de cada setor para a lucratividade do negócio, já que é possível verificar o desenvolvimento de cada local separadamente;
  • aprimoramento dos processos, já que é possível identificar as áreas com melhores resultados e as que não estão indo tão bem, averiguando os pontos positivos e o que precisa ser melhorado;
  • responsabilidade compartilhada, já que os colaboradores conseguem obter informações exatas sobre o departamento, tornando-se mais participativos no alcance de objetivos e metas.

Como é possível implementá-lo no negócio?

O centro de custo pode ser separado em duas modalidades, uma ligada à produtividade e outra não direcionada para isso (administrativo). Não existe um mais importante do que outro, já que cada um tem a sua participação no desenvolvimento do negócio, sendo necessário somente que o custo seja averiguado de maneira distinta.

Depois de realizar essa divisão, fica mais simples definir os custos que correspondem a um setor ou outro ou, em certos casos, a mais de um setor — por exemplo, gastos com energia elétrica, em que todos utilizam para que as atividades sejam desenvolvidas.

Conseguiu entender o que é o centro de custo e suas vantagens para a empresa? Então, não espere mais para implementá-lo no negócio e, dessa forma, garantir uma melhor administração das entradas e saídas, manter as finanças saudável e demais ações importantes para o sucesso e competitividade no mercado.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Então, entre em contato e converse com um dos nossos especialistas para esclarecê-las!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.