Calculadora e lápis em cima da mesa

Foi lucro ou prejuízo? Como analisar a saúde financeira do meu negócio?

Uma das perguntas mais recorrentes que encontramos, ao analisar a saúde financeira de um negócio, é a forma correta de se apurar se os esforços de um empreendimento estão, de fato, dando lucro ou prejuízo. Muitos empresários quando querem ter este termômetro buscam, justamente, o fluxo de caixa para ver se as coisas estão indo bem ou mal.

No entanto, este recurso mostra apenas se todas as despesas do negócio foram ou não pagas. Ele também pode indicar se o meu negócio está com o caixa mais apertado ou folgado. Mas não é apontado, no fluxo de caixa, se há ou não lucro no exercício.

Mas, afinal, como eu verifico se obtive lucro ou prejuízo?

Para que isto seja feito, é necessário apurar o resultado! Por meio desta ferramenta, de gestão econômica, fácil de ser adotada, é possível conhecer verdadeiramente os números no fim de um período estabelecido. Período este que pode ser definido de acordo com a natureza de cada negócio, podendo ser um mês, um trimestre, um semestre ou ano.

A apuração do resultado consiste, justamente, na diferença entre tudo aquilo que foi vendido ou comercializado e usado durante determinado período. Esta avaliação pode ser aplicada tanto no encerramento do último mês, quanto no planejamento de meses seguintes, nos mais variados negócios.

Tive um resultado negativo em um período. Isto significa que tive prejuízo?

Não. Por exemplo, se em um mês você teve um resultado mensal negativo, não necessariamente o seu negócio está operando com prejuízo. Isto porque fatores sazonais – que acontecem em alguns momentos do ano, por exemplo – podem interferir no resultado de uma determinada amostragem. Como exemplo, estão as sorveterias no inverno, as lojas de roupa de inverno no verão e as churrascarias na semana santa. Justamente por estes motivos de sazonalidade, recomenda-se, contabilmente, que para se ter uma avaliação adequada de lucro ou prejuízo, a apuração dos resultados seja feita, no mínimo, em um período de seis meses.

Ok. Fui convencido. O que é preciso para apurar meu resultado?

Antes de tudo, é fundamental que, antes de chegar no produto final e saber se o seu negócio está tendo lucro ou prejuízo, a sua empresa mantenha seus controles financeiros organizados e atualizados. Isto é possível, por exemplo, por meio de controle de estoque e controle de despesas fixas, retiradas pró-labore e vendas do mês, mesmo que ainda não tenham sido recebidas.

É importante se atentar, neste momento, com os dados que entram nos cálculos. Muitos erros são cometidos neste processo, simplesmente por desatenção ou falha na classificação.

Erros? Que erros são esses?

Existem alguns erros recorrentes neste processo. Um equívoco é confundir faturamento com recebimento. O faturamento reflete o total de vendas realizadas no mês mas, nem sempre, você recebe naquele momento tudo aquilo que vendeu, como é o caso de parcelamentos. O recebimento é justamente tudo que foi recebido naquele período, como compras a vista, pagamentos anteriores e etc.

Outro erro recorrente está englobado nos custos variáveis. Não se inclui, no custo da mercadoria vendida, tudo aquilo que foi adquirido pela empresa. Essa informação refere-se, apenas, aos valores dos produtos que foram vendidos.

E aí, vamos apurar se foi, realmente, lucro ou prejuízo? Precisa de ajuda? Pode CONTar com a gente!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.