Descubra os custos fixos de uma empresa e controle melhor seu negócio

Você sabe quais são os custos fixos de uma empresa? Há tantas despesas em um negócio que pode ser difícil administrar todas elas. Nesse sentido, é muito importante pensar em formas de controlar a parte financeira.

Se a organização não tiver lucro, gastar muito e apresentar prejuízos de forma consecutiva, fica difícil garantir a sua continuidade no mercado.

Pensando na importância desse tema, trouxemos aqui os custos fixos que normalmente abrangem um negócio. Mas antes também explicamos o que exatamente é custo fixo e a sua importância. Confira!

O que é custo fixo?

Os custos fixos são gastos gerados todos os meses, independentemente das operações da empresa. Mas o fato de um custo ser fixo não significa, necessariamente, que o seu valor será sempre o mesmo. O que acontece, na verdade, é que o custo estará presente em todos os meses, embora tenha o seu valor passível de mudança.

Qual é o custo fixo ideal para o seu negócio? Não há uma resposta absoluta para essa pergunta, pois o cálculo depende das necessidades e atividades realizadas em cada empresa. No entanto, é importante que os custos fixos não superem as receitas do seu negócio para que você tenha uma boa margem de lucro.

Vale lembrar que, caso a sua organização exerça atividades de risco (atividades que podem, por exemplo, causar danos ambientais e têm probabilidade de acidentes de trabalho), é importante destinar parte do lucro para uma reserva de emergência. Ela poderá ser utilizada para cobrir imprevistos, sem comprometer a lucratividade da empresa.

Qual é a importância do custo fixo?

Os custos fixos também são conhecidos como “custos de estrutura”, pois eles abrangem despesas relacionadas à capacidade produtiva de uma empresa.

Dessa forma, podemos dizer que esses gastos são fundamentais para a manutenção das atividades das empresas. Identificar e fazer a gestão dos custos fixos faz parte da administração de um negócio financeiramente saudável.

Quais são os custos fixos de uma empresa?

É importante conhecer os custos fixos para planejar o orçamento do negócio. Entre os principais, estão: aluguel do imóvel, materiais de escritório e de limpeza, salário dos funcionários e o pró-labore. Explicamos, a seguir, cada um deles detalhadamente.

Aluguel do imóvel

Trata-se de um dos custos fixos mais comuns. Caso o local de funcionamento da empresa não seja um imóvel próprio, é certo que haverá esse gasto em todos os meses. Portanto, é necessário incluí-lo no orçamento.

Salário dos funcionários

Outro gasto estrutural é o salário pago aos funcionários. É importante que a remuneração reflita o senso de justiça e comprometimento que a empresa tem com a sua equipe de trabalho, pois esse é um dos fatores considerados pelo funcionário para permanecer ou não na empresa e dar o máximo de si.

Materiais de escritório e de limpeza

Ambos são muito importantes para a manutenção das atividades da empresa. Os materiais de escritório são indispensáveis para a execução dos trabalhos e as ferramentas de limpeza, por sua vez, auxiliam a equipe responsável pela higienização a manter o ambiente organizado e garantir a produtividade dos funcionários.

Pró-labore

O cálculo do pró-labore é referente à quantia paga aos sócios-administradores pelo trabalho na empresa. Trata-se de uma forma de separar as contas pessoais das contas empresariais, o que é extremamente útil para a gestão financeira, já que a ausência desse processo é uma das principais causas da falência dos negócios.

Vale destacar que há outras despesas que fazem parte da rotina das empresas e podem se enquadrar como custos fixos. São elas:

  •  encargos e despesas com advogados;
  • despesas com contabilidade;
  • custos de manutenção de maquinário, taxas e impostos.

Identificar e gerir os custos fixos são cuidados fundamentais. Dessa forma, vimos que a empresa consegue aumentar a capacidade de analisar o seu atual estado, evitar dívidas e atrasos em pagamentos.

Gostou das informações deste post? Assine a nossa newsletter para receber as novidades do mercado contábil no seu e-mail.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

3 Comentários

    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.