Trabalhar na quarentena

Trabalhar na quarentena: como manter os seus serviços?

Desde março de 2020, empresas dos mais diversos ramos precisaram adaptar suas rotinas para atender a decretos municipais e estaduais que regulamentaram a atuação dos negócios. Tal estratégia ocorreu para evitar a disseminação da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Organizações dos mais diferentes portes e até mesmo pequenos negócios foram obrigados a fechar as portas e adotar o regime de trabalho remoto, quando possível e necessário. Nesse contexto, uma dúvida paira na mente de empreendedores: como trabalhar na quarentena?

Elaboramos este conteúdo para mostrar algumas ações que podem ser adotadas nesse período em sua empresa — seja ela de qual tamanho for. Continue a leitura para conferir!

Invista em ações de marketing

O âmbito digital cresceu consideravelmente nesse período de quarentena. Desde a descoberta dos mais diversos meios de comunicação até de uma nova forma de consumir, o público viu na internet a possibilidade de continuar com as suas atividades, mesmo de casa.

Para isso, a dica inicial é reforçar o posicionamento de seu negócio por meio dessas redes. Aliás, antes desse contexto desafiador, ter autoridade em seu nicho de atuação e entregar conteúdos de qualidade já era uma necessidade para as empresas.

Hoje é quase uma obrigatoriedade. Por essa razão, não deixe de fortalecer seu posicionamento para atrair e conquistar audiência, uma vez que ela está sendo desejada pelas companhias com uma intensidade muito maior.

Entre as soluções que podem ser adotadas, podemos citar:

  • dobrar o volume de ações em redes sociais, inclusive realizando lives para instigar o seu público a ter mais conhecimento sobre a sua área;
  • criar landing pages, ou seja, páginas com foco em conversão, de modo que possa obter dados de seus clientes;
  • convidar parceiros estratégicos com o objetivo de realizar ações digitais em conjunto.

Além disso, devemos destacar a importância de estar por dentro do principal assunto discutido atualmente. A COVID é uma preocupação de todos os setores de atuação do mercado. Nesse sentido, existe a necessidade de linkar esse tema com sua área. Obviamente que se você não atua no ramo da saúde, não convém abordar sobre sintomas e tratamentos, por exemplo.

Identifique quais são os desafios enfrentados

Quais são os principais desafios enfrentados pelo seu negócio? Identificar quais são eles possibilita estabelecer estratégias efetivas para esse momento — tanto preventivas quanto reativas. Tal postura oportuniza um maior destaque no mercado mesmo em um período desafiador.

Grandes empresas contam com planos de contingência e emergência, o que contribui com sua sustentabilidade durante épocas de crise. No entanto, pequenos negócios não contam com essa estratégia de forma tão efetiva, logo, há a necessidade de implementar ações rápidas e precisas para que não sejam tão afetados.

Para isso, faça uma avaliação imediata de como a pandemia impactou seu negócio, quais são os riscos existentes, além de entender toda a sua cadeia de atividades. Nesse sentido, contar com uma consultoria é ideal, uma vez que profissionais capacitados e com expertise no mercado saberão orientar você de forma mais focada para atingir os resultados pretendidos.

A boa notícia é que existem empresas que prestam esse tipo de serviço totalmente online, ou seja, sem a necessidade de encontros presenciais. Assim, você pode dar continuidade ao isolamento social e, consequentemente, preservar sua saúde e sua vida.

Crie soluções alternativas

Como sabemos, pequenos empreendedores e profissionais autônomos encontraram grande dificuldade nesse período de pandemia. Suas atividades correram o risco de perder a qualidade ou até mesmo serem impossibilitadas. No entanto, muitas empresas descobriram que é possível estar presente no cotidiano de seus clientes sem executar as demandas do dia a dia ou realizando-as a distância.

Uma clínica de psicologia, por exemplo, tem a oportunidade de adaptar os seus atendimentos para os canais digitais, contribuindo para que o tratamento de seus pacientes prossigam mesmo durante o distanciamento.

Independentemente da área de atuação, você pode manter um canal aberto com o público por meio de ferramentas como o WhatsApp, o e-mail, e as videochamadas, entre outras. Vale destacar ainda que esse momento é a oportunidade de sua empresa se diferenciar. Sem dúvida, quem esteve próximo do cliente durante esse período, certamente sairá na frente quando tudo voltar à normalidade.

Certifique-se de seus produtos serão úteis após o fim da pandemia

A pandemia do novo coronavírus surgiu de forma totalmente inesperada, mudando hábitos considerados normais no dia a dia. Há pouco tempo, ninguém esperava ficar em isolamento, tampouco imaginava que shoppings e demais redes comerciais estariam completamente fechados, não é mesmo?

Por essa razão, o consumo foi afetado. Houve um crescimento das compras online, assim como uma maior preocupação das empresas com a presença digital, especialmente de nichos mais fortes, os quais certamente vão se manter após esse período.

É preciso avaliar como seu serviço e se haverá necessidade de adaptações logo após o término do isolamento. Não espere tudo isso passar para fazer um planejamento. Essa estratégia deve ser imediata para garantir diferencial em relação a seus concorrentes. Caso haja a possibilidade de implementar serviços online, não perca tempo.

Faça o planejamento com base em diferentes cenários

A economia, como um todo, foi afetada com a crise gerada pela pandemia. Por esse motivo, é essencial fazer um planejamento do seu negócio avaliando diferentes cenários. Entenda quais devem ser as estratégias adotadas do contexto mais pessimista ao otimista, desenvolvendo soluções para cada um dos desafios apresentados.

Destacamos, novamente, a necessidade de contar com o apoio de uma consultoria contábil, jurídica e de gestão que possibilitará insights para contornar essa crise. É urgente que os principais gargalos do negócio sejam identificados e sanados.

Neste conteúdo, mostramos algumas dicas práticas de como trabalhar na quarentena. Vimos que usufruir das estratégias digitais para estar mais próximo do público é fundamental. Recomendamos que concentre os esforços em seu nicho, observe o que a concorrência vem fazendo e jamais perca o contato com o cliente. Assim, quando a pandemia chegar ao fim e voltarmos à normalidade, seu negócio será muito menos impactado.

Ajudamos? Se deseja aprofundar-se no assunto, aproveite a visita e veja 8 dicas de como aumentar as vendas nesse período de quarentena!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.