O que é inteligência financeira e como aplicar em pequenas empresas?

A inteligência financeira é uma competência essencial para qualquer tipo de negócio e, por isso, deve estar no radar dos empreendedores.

Ser financeiramente inteligente é ter a capacidade de fazer uma avaliação concreta sobre riscos e oportunidades, contribuindo para que os desafios relacionados à saúde financeira da empresa sejam contornados com sucesso.

Quer saber mais sobre esse conceito e como aplicar o seu negócio? Veja o post que preparamos sobre o assunto. Boa leitura!

O que é a inteligência financeira?

A inteligência financeira surgiu como uma prática recomendada para alcançar melhores resultados com relação às finanças de uma empresa, e está apoiada em 4 pilares:

  1. entendimento dos conceitos básicos sobre gestão financeira e contabilidade: como demonstração do resultado, o balanço patrimonial e a demonstração do fluxo de caixa.
  2. embasamento dos processos: por meio de regras, estimativas e suposições, para que as os gestores sejam capazes de identificar quais processos devem ser aplicados para cada objetivo que se busca atingir;
  3. capacidade de analisar os números em maior profundidade: calculando índices de rentabilidade, alavancagem, liquidez e eficiência e interpretando resultados;
  4. reconhecimento dos elementos que influenciam a situação econômica de uma empresa: como a economia mundial e do país, a competitividade do mercado, as tendências e mudanças no perfil e nas expectativas do cliente, além de considerar as novas tecnologias.

Esses 4 preceitos nos levam ao conceito da inteligência financeira: saber o que fazer quando queremos tomar decisões seguras relacionadas às finanças sem ter prejuízos ou desequilibrar as contas.

Como esse conceito pode ser aplicado em pequenas empresas?

A inteligência financeira não é uma habilidade, e sim um conjunto de aptidões adquiridas que podem ser desenvolvidas. Veja como!

Tenha foco

Para qualquer coisa que você fizer na vida – especialmente aquelas que envolvem processos de tomada de decisões – manter o foco é fundamental para organizar as ideias, enxergar o que realmente é importante e trabalhar para atingir os objetivos.

Lidar com as finanças de modo inteligente demanda estabelecer quais as informações que realmente fazem a diferença para o bom andamento dos negócios. Também é necessário trabalhar na prevenção dos possíveis impactos negativos e, claro, estabelecer objetivos.

Todo esse cenário compõe um planejamento e o foco contribui para que ele seja seguido à risca e sem distrações.

Controle os gastos

Controlar os gastos é uma atitude indispensável na vida pessoal e profissional de um empreendedor. Se com suas finanças particulares você já é controlado, basta replicar esse comportamento com a empresa. No entanto, jamais misture essas despesas com as do negócio.

Conheça os gastos reais do empreendimento e tenha um controle efetivo sobre o fluxo de caixa e valores comprometidos, como o pagamento de um empréstimo, por exemplo. Administre despesas e recebimentos com responsabilidade e tenha cuidado para não ir com muita sede ao pote na hora de tirar o próprio salário.

Lembre-se o quanto é importante fazer uma reserva para os tempos difíceis. Mesmo que o mercado seja previsível quando acompanhado, é sempre bom estar preparado para surpresas desagradáveis.

Faça o dinheiro render

Pessoas emocionalmente inteligentes fazem o seu dinheiro render. Ao controlar seus gastos, você já tem meio caminho andado para tomar as decisões certas em relação ao seu dinheiro, aumentando as finanças e o poder de compra.

O mercado de investimentos está cada dia mais descomplicado. Há centenas de materiais voltados para leigos que explicam como fazer o dinheiro render. No paralelo, é importante ficar de olho nas tendências do setor de atuação, para que seja possível aplicar estes rendimentos em prol do crescimento da empresa, aprimorando os produtos e serviços oferecidos.

Dinheiro gera dinheiro quando bem investido e administrado com inteligência. No contexto empresarial, ajuda a empresa a crescer e ganhar vantagem competitiva.

Recorra à ajuda de especialistas

Conhecer os termos técnicos da contabilidade e da gestão financeira é importante para manter a saúde do negócio, mas se você puder contar com a ajuda de especialistas para interpretar esses dados, os seus processos de tomada de decisão vão acontecer em plena segurança.

Especialistas podem entregar os resultados de um balancete ou dos índices de rentabilidade interpretados e calculados em mãos. O único trabalho que você vai ter é conferir se está tudo correto.

Além disso, uma pessoa financeiramente inteligente não precisa dominar amplamente todos os conceitos técnicos da área contábil, embora faça parte dos pilares desse conceito. A ajuda especializada também é muito bem vinda nessa hora, até mesmo para que você possa aprender com o trabalho dos profissionais contratados.

Conte com ferramentas tecnológicas

Com a expansão da tecnologia nas mais diversas áreas de gestão, surgiram plataformas e softwares especializados nas mais diversas funções dentro da empresa. E é claro que a gestão financeira está muito bem servida de opções.

Assim como os especialistas, as ferramentas tecnológicas podem automatizar funções e, junto com a inteligência artificial, são capazes de entregar os diagnósticos prontos. Ou seja, você cumpre com as tarefas da gestão financeira da sua empresa em bem menos tempo e com menor chance de erros.

A automatização também permite que você dedique mais tempo nas questões estratégicas que podem influenciar nos rumos da sua pequena empresa, te dando mais tempo para acompanhar as notícias do segmento de atuação e as flutuações da economia, por exemplo.

Como uma consultoria contábil pode ajudar?

À medida que a empresa cresce e sua situação financeira se torna mais complexa, contratar os serviços de uma consultoria contábil pode ser uma boa opção.

Essas empresas contam com profissionais especializados em realizar planejamentos financeiros, regular taxas, maximizar investimentos e fornecer dicas para estratégias eficientes e inteligentes.

Além disso, trabalham com questões relacionadas à impostos e alterações fiscais, para que sua empresa ande sempre de mãos dadas com a lei e evite qualquer multa ou gasto extra.

Como você pôde perceber, a inteligência financeira é uma aptidão que pode ser facilmente conquistada tomando algumas atitudes no dia a dia. Aplique nossas dicas e garanta a saúde do seu negócio!

A WeCont é uma consultoria contábil que preserva o seu bolso por meio da tecnologia, utilizada para aprimorar processos e serviços. Entre em contato conosco e conheça nossas soluções.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.