5 ideias lucrativas para empreender em 2020

Ser o próprio patrão é o sonho de muitos brasileiros. A possibilidade de ver um projeto sair do papel e decolar, além do quesito lucratividade, atrai cada vez mais pessoas ao posto de empreendedor. No entanto, para garantir que esses objetivos sejam atingidos, é importante ficar de olho nas tendências do mercado. E pensando nisso, trouxemos algumas ideias para empreender em 2020.

São 5 opções para que você avalie se se identifica com alguma delas, ou ainda como inspiração para ter novas ideias. O importante é ser criativo e analítico, averiguando em números se o mercado que você pretende investir é viável. Está preparado? Vamos lá!

1. Mercado pet

No fim do ano passado, a revista Época Negócios divulgou um artigo que revela, baseado nos dados do Instituto Pet Brasil, que há 139,6 milhões de cães declarados como animal de estimação em nosso país.

Esse número, por si só, revela porquê o mercado pet é uma das melhores ideias para empreender em 2020: o Brasil é o segundo maior consumidor de produtos e serviços para animais de estimação do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Dentro do universo pet, há vários negócios que podem ser explorados:

  • pet shops;
  • lojas de variedades para gatos e cachorros;
  • clínicas veterinárias;
  • acessórios para animais exóticos;
  • alimentação caseira e natural.

Para fazer sucesso nesse meio, dependendo dos serviços escolhidos, é importante contar com a ajuda de um profissional da área. Por exemplo, se o objetivo é fornecer marmitas saudáveis, consulta um veterinário especializado em nutrição. 

No mais, investir nas estratégias de marketing mais adequadas ao seu público-alvo, bons fornecedores e uma boa administração são fundamentais para o negócio decolar.

2. Alimentação saudável

De acordo com o Estadão, o Brasil fica na 4ª posição quando o assunto é o consumo de alimentos saudáveis pelo mundo. Nos últimos cinco anos, o setor cresceu em média 12,3% ao ano.

A mesma reportagem revelou que a alimentação saudável é um critério que ocupa 4 de 10 posições do ranking da revista Forbes, o “10 Macro Trends”. A classificação visa reunir as principais tendências do ramo alimentício, o que acaba revelando o segmento como uma boa aposta para negócios em 2020 e nos próximos anos.

Para acertar nesse modelo de negócio, é bom ficar de olho nos segmentos que estão se destacando:

  • alimentação baseada em vegetais e outros alimentos consumidos na sua forma mais natural e completa, ou seja, minimamente refinada e processada;
  • produtos que trazem os ingredientes descritos no rótulo de forma simples, objetiva e acessível a todos os públicos, priorizando os ingredientes naturais;
  • alimentos sem adição de ingredientes como açúcar, aditivos químicos, leite de vaca, conservantes.

3. Produtos de beleza

Se a alimentação saudável é apontada como uma das tendências do mercado, um dos motivos é a preocupação cada vez maior com os aspectos relacionados à saúde e ao bem-estar. E ela não se dá só de dentro pra fora com a alimentação, como também de fora para dentro, utilizando cosméticos e produtos de beleza.

Como as outras dicas, há diversos nichos que podem ser muito bem aproveitados. Você pode começar de uma maneira bem simples, revendendo produtos já consagrados no mercado ou ser um pouco mais ousado e fabricar os próprios cosméticos.

Pegando carona na linha natural, é possível investir na fabricação de sabonetes, shampoos e esfoliantes naturais, veganos e livres de substâncias químicas. Há diversas receitas disponíveis na Internet, mas é bom contar com o apoio de um bioquímico ou farmacêutico para avaliar se os produtos criados realmente são seguros para a pele. 

4. Clube de assinatura

Imagine oferecer um serviço em que as pessoas pagam um determinado valor por mês e recebem na porta da sua casa uma quantidade de produtos escolhidos por ela, nos mais variados nichos?

Esse modelo de negócio já existe: os clubes de assinatura. Veja um exemplo de como funciona:

Uma determinada loja de produtos de beleza disponibiliza um plano de pagamento de R$20,00 por mês. Os interessados se cadastram em um site com o número do cartão de crédito para que, em uma determinada data, recebam uma caixa contendo algumas opções para uso pessoal.

A ideia pode dar tão certo que, de acordo com a Associação Brasileira dos Clubes de Assinatura são mais de 350 empresas no país, trabalhando nos seguintes segmentos:

  • academia;
  • alimentação;
  • azeite;
  • bebê;
  • beleza;
  • café;
  • cerveja;
  • cinema;
  • cuecas;
  • dieta;
  • drinks;
  • esmalte;
  • flor;
  • infantil;
  • leitura;
  • limpeza e organização;
  • pet;
  • panificação;
  • sensual;
  • snacks;
  • vinhos.

Em uma matéria recente publicada no Estados de Minas, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCom) revelou que o número de empreendimentos desse modelo aumentou 167% nos últimos quatro anos, atingindo a marca impressionante de R$ 1 bilhão de reais em faturamento só no ano de 2018.

Parece que o mercado de clube de assinatura não para de crescer, não é mesmo? Uma grande sacada de marketing para a divulgação de produtos e uma ótima alternativa para empreender! 

5. Cursos Online

Você entende de algum assunto e percebe que há demanda das pessoas em aprender sobre aquilo? Por exemplo, de finanças, empreendedorismo, uma língua estrangeira, a receita de um brigadeiro que todo mundo elogia?

É possível transformar esse conhecimento em um curso online e começar a construir seu nome e imagem como referência no assunto.

As pessoas cada vez mais estão à procura da solução dos seus problemas via internet. Disponibilizar ebooks e videoaulas são formas de empreender no meio digital, com a grande vantagem de ser uma opção de baixíssimo custo.

Para decolar, vai ser preciso investir em técnicas de marketing e marketing digital: produção de conteúdo gratuito, postagem nas redes sociais, participação em eventos, parcerias, entre outras atitudes pertinentes à divulgação do seu nome e do seu canal.

Gostou das nossas ideias para empreender em 2020? Se você se identificou com alguma delas mas ainda tem certo receio de investir, busque desenvolver as habilidades necessárias para qualquer empreendedor: comprometimento, determinação, foco, perseverança e olhar analítico são características fundamentais para se dar bem com o próprio negócio.

Já com relação aos aspectos técnicos, os serviços contábeis são imprescindíveis para acompanhar o rendimento dos negócios e manter os processos dentro da lei. Por isso, assine nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos sobre o assunto.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

4 Comentários

  1. Nossa gostei muito do seu site! Vou começar a acompanhar mais vezes! Conteúdo de muita qualidade!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.