Honorários de contabilidade: confira as mudanças para 2020

Saber como funcionam honorários de contabilidade é algo importante para que você prepare os custos do seu negócio e saiba quais serão os valores cobrados pelos contadores no próximo ano.

Muitos profissionais têm dúvidas sobre a definição dos honorários. Se você quer se aprofundar no tema, continue lendo este artigo em que trazemos os melhores procedimentos para que você saiba como precificar seus serviços. No fim, também esclarecemos quais serão as mudanças previstas nos honorários contábeis para o ano de 2020. Confira!

Os procedimentos padrões de mercado para definição dos honorários de contabilidade

Primeiro é importante saber que o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) não impõe os honorários contábeis para os profissionais, já que não compete aos Conselhos de Contabilidade legislar sobre o assunto. Os sindicatos dos contadores dos Estados divulgam tabelas anuais que propõe valores mínimos a serem cobrados pelos serviços prestados.

Você pode entrar no portal do SESCON (sindicato das empresas de consultoria e serviços contábeis) ou do SINDICONT (sindicato de contabilidade) o do seu Estado ou Município para consultar essas tabelas. Saiba que os valores são apenas sugestões e os profissionais não são obrigados a segui-los.

Além disso, é crucial observar o que está previsto na Resolução CFC n.º 1.457 de 2013, que impõe obrigatoriedades sobre a precificação dos honorários contábeis. Essa mesma norma traz um modelo básico de contrato para serviços contábeis.

Não existe uma forma específica para definir os honorários, mas é interessante saber quais são os custos considerados pelo contador quando ele define seus honorários. Veja-os abaixo:

Tempo gasto

Primeiro o contador define o valor de sua hora de trabalho. Para isso, ele analisa quanto tempo leva para realizar cada procedimento contábil e multiplica o preço de sua hora pelo tempo, chegando ao preço por cada serviço.

Equipe necessária

É considerada a remuneração do restante da sua equipe, como os secretários, pessoal da limpeza, estagiários e outros colaboradores. Por isso uma equipe mais enxuta ou um escritório modernizado permite que os contadores cobrem valores mais baixos.

Custos diversos

São acrescentados à conta os custos e as despesas necessárias para desempenhar as atividades, como:

  • contas de água, internet, luz e telefone;
  • materiais de escritórios;
  • aluguel do espaço;
  • reajuste do aluguel;
  • equipamentos;
  • decoração;
  • tributos;
  • limpeza;
  • móveis; entre outros custos.

Também são consideradas imprevisibilidades e eventuais variações nas contas. Por exemplo, é possível que a conta de luz aumente no verão em razão do uso mais constante do ar condicionado.

Margem de lucro

A margem de lucro é um adicional calculado sobre o valor final dos honorários — geralmente é de 15% ou 20% —, com a finalidade de criar reservas de lucro para investir no desenvolvimento do negócio contábil.

Concorrência

Por fim, são analisados os preços praticados no mercado para tentar manter seus honorários competitivos. Ressalta-se que empresas ou escritórios podem cobrar valores mais elevados, desde que apresentem um diferencial competitivo.

As mudanças previstas nos honorários contábeis para o ano de 2020

No final do ano, as empresas têm em mãos os dados necessários para corrigir os valores, como o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), que é usado para medir o nível de atividade econômica do Brasil.

O IGP-M é calculado todos os meses pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é usado pelas entidades públicas e privadas para definir os valores de seus serviços. As variações desse índice são detalhadas e publicadas nos Press Releases (comunicados de imprensa) no Portal FGV IBRE.

Os contadores usam o índice acumulado durante o ano para corrigir o valor de seus serviços, tornando-os adequados para o próximo ano. Por exemplo, se o índice acumulado foi de 3,8% durante o ano, o contador aumenta os honorários de acordo com esse percentual.

Há muitos elementos que influenciam os honorários de contabilidade, já que os profissionais precisam cobrir todos seus custos, gerar lucro, ser competitivo e ainda se manter atualizado pelo IGP-M. Mas com a leitura desse artigo você viu o que esperar dos honorários contábeis que serão cobrados em 2020.

Assine agora mesmo a nossa newsletter para receber mais artigos como este no seu email! Aproveite, pois é gratuito!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

4 Comentários

    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.