inovação disruptiva

O que é inovação disruptiva? Entenda o conceito da moda!

Você pode não conhecer o termo inovação disruptiva, mas é bem provável que utilize produtos e serviços que foram criados com base nesse conceito. Em síntese, disrupção significa quebrar regras. Logo, a palavra disruptiva pode ser associada a ruptura. No contexto do mercado de trabalho, significa romper as barreiras tradicionais dos modelos de negócio.

Ou seja, é sair do convencional e pensar fora da caixa. É fazer o que criadores de serviços como o Uber fizeram. Que saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura deste post que preparamos especialmente para você!

O que é a inovação disruptiva?

Toda inovação pode ser sustentadora ou disruptiva, sendo que:

  • a inovação sustentadora é uma aposta nas melhorias dos produtos ou serviços já comercializados pela empresa, em busca da manutenção da liderança;
  • a inovação disruptiva é uma forma de tornar o consumo de produtos e serviços mais democráticos, fazendo com que ele alcance um grande número de cidadãos.

Ou seja, organizações focadas em apresentar propostas disruptivas estão oferecendo simplicidade, acessibilidade e economia aos consumidores, atendendo uma parcela maior do mercado.

No início deste texto, mencionamos o Uber como exemplo de inovação disruptiva. O motivo é muito simples: o aplicativo democratizou o serviço de motorista particular, ao mesmo tempo em que barateou o transporte realizado pelos tradicionais taxistas. Tudo isso de maneira bastante simples.

Se antes era necessário ligar e agendar uma corrida, hoje tudo pode ser feito na palma da mão por meio do smartphone. O usuário sabe o tempo em que o motorista leva para chegar até o local de partida e a estimativa do custo da viagem, que pode ser paga automaticamente, inserindo o número do cartão de crédito na plataforma.

Outro exemplo de inovação disruptiva é o ensino à distância, o já popular EAD. Se há pouco tempo era impossível imaginar a conquista de um diploma via internet, hoje a prática é totalmente possível. O AirBnb também merece destaque: a plataforma ressignificou a hospedagem mundo afora.

Quais são as vantagens da inovação disruptiva?

A inovação disruptiva permite que empresas de pequeno porte e com menos recursos concorram com grandes corporações e ganhem a disputa. Basta ter criatividade e manter o foco nos três pilares que sustentam a estratégia:

  1. acessibilidade: como o novo produto ou serviço deve ser bem aceito pela sociedade, é importante pensar naquela fatia do mercado ignorada pela concorrência;
  2. conveniência: a solução criada deve atender as verdadeiras demandas dos consumidores;
  3. simplicidade: quanto mais simples for o design de apresentação do produto ou serviço, a tendência é que seja mais aceitável.

As inovações disruptivas trazem mais informações e poder de escolha à sociedade por meio da facilitação dos processos e diminuição dos seus custos. Lembra que citamos o EAD no tópico anterior? A inovação permitiu que a educação de nível superior chegasse às pessoas que têm uma rotina complicada que envolve o trabalho e os cuidados com a casa e a família. Isso sem contar nos problemas relacionados à locomoção e ao valor das mensalidades que costumam ser mais altos nos cursos de graduação presencial.

Hoje, é possível estudar sem sair de casa. Uma oportunidade que acrescenta não só para aqueles que iniciam um EAD, mas também para a sociedade. Quanto mais estudiosos e especialistas em um determinado assunto estiverem ativos no mercado de trabalho, melhor será a realização dos processos do nosso cotidiano.

Como usar inovação disruptiva nas empresas?

Até agora, você aprendeu de maneira mais aprofundada o conceito de inovação disruptiva, conheceu seus pilares de sustentação e os benefícios para os negócios e a sociedade como um todo. Se ficou atraído pela ideia, chegou a hora de aprender como ela pode ser utilizada dentro das organizações.

Banner - Blog Quiz

Um dos primeiros aspectos que precisamos pontuar é que explorar soluções disruptivas pode não ser algo tão simples, já que o mundo anda cada vez mais avançado em termos tecnológicos. Sendo assim, é preciso pensar em oferecer algo realmente inovador e que atenda as reais necessidades dos seres humanos.

O primeiro passo é entender a importância de investir na ruptura dos padrões tradicionais dos produtos e serviços. Abandonar a ilusão de que a evolução é algo prejudicial e se render ao ponto principal desse conceito: promover a acessibilidade de produtos e serviços, mantendo a qualidade do que é oferecido, mas permitindo que uma nova parcela da população possa usufruir desses recursos.

Depois de adquirir essa consciência, avaliar as necessidades do público-alvo e fazer um estudo aprofundado relacionado às carências do mercado, é hora de pensar no fortalecimento da relação com os clientes.

Se você não vai começar uma empresa do zero, não é preciso se desfazer do seu atual negócio. O importante é firmar os laços com esses indivíduos para que as inovações possam ser experimentadas, bem aceitas e se mantenham sustentadas.

Dito isso, veja os passos fundamentais para compor uma ideia que realmente esteja disposta a quebrar padrões e ser um sucesso:

Trabalhe com a prevenção de riscos

Analise o que pode dar errado e planeje de que forma esses possíveis problemas podem ser corrigidos. Ter esse mapeamento é primordial para que as ações necessárias sejam tomadas em tempo hábil para evitar problemas maiores no futuro.

Procure tomar decisões baseadas em análise de dados e experiências anteriores

Se for possível, conte com um gestor de projetos que tenha uma certa bagagem nesse tipo de inovação. Ao tomar decisões conscientes e fundamentadas em dados reais, você reduz as chances de erro na organização.

Esteja sempre atualizado

É fundamental que você se mantenha sempre atualizado sobre as mudanças do mercado e novas ferramentas disponíveis. Dessa forma, você consegue se destacar diante dos concorrentes e alcançar melhores resultados.

Tenha um modelo de negócios

Ter um modelo de negócios bem definido, original e difícil de ser imitado é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Portanto, pesquise, estude o mercado, analise os concorrentes e veja em que aspecto a sua empresa pode se destacar.

Como você pode perceber, a criação de produtos e serviços baseados nos conceitos de inovação disruptiva vem para dominar um mercado que já existe e, muitas vezes, já é um sucesso. Por isso, acabam batendo de frente com grandes indústrias e empresas que ainda não se adaptaram às novas tendências do mercado e são resistentes a realizar mudanças nos modelos tradicionais de negócios.

Como as inovações disruptivas podem ser a escolha ao consumidor, a falta de adaptação e de atualização sobre as novidades pode fazer com que uma organização perca a vantagem competitiva.

Portanto, fique atento ao que o mercado oferece de novo! Quer saber mais sobre o assunto? Então assine nossa newsletter, acompanhe os conteúdos e se mantenha sempre atualizado. Até a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.